quinta-feira, 7 de maio de 2009

Silvio Berlusconi



Caros amigos!

Ultimamente o senhor primeiro-ministro Italiano, multi-milionário, "dono" da comunicação social Italiana, do AC Milan, e "amigalhaço" da "mui nobre" sociedade capitalista "Camorra", tem sido tema dos media sensacionalistas um pouco por todo o mundo.

Não é que decidiu contribuir para a lista de (ex)Lideres mundias que apresentaram, ou apresentam condutas sexuais claramente inapropiadas para um lider politico (novidade?).

Tivemos o exemplo de John F Kennedy, que esteve envolvido com Marilyn Monroe.

De François Mitterrand
, antigo presidente da França, esteve envolvido enquanto presidente com Anne Pingeot, de quem teve uma filha, Mazarine, situação mantida em segredo durante 21 anos.


E de Bill Clinton, que foi forçado a admitir, após ter negado sob juramente, uma relação com a secretária Monica Lewinsky. Clinton disse:" it was wrong [...] I misled people, including even my wife. I deeply regret that."



E agora temos Silvio Berlusconi acusado pela própia mulher, embora por pouco tempo, Veronica Lario, de se "aproveitar" de menores com itenções sexuais, após o seu marido ter estado presente numa festa de aniversário de uma "jovem" amiga.

A juntar a este episódio claramente compremetedor, existem ainda um sem número de situações que são suficientes para perceber que a Italia tem como presidente não um
Gentleman, como se auto-intitula, mas sim um PigMan.

Temos por exemplo, quando, após uma reunião politica, simula actos sexuais com uma policia.


















Temos ainda a vergonhosa representação "Schwarzeneggariana", aquando de uma conferência de Imprensa com o Ditador e Assassino Vladimir Putin. Após uma jornalista Russa o ter questionado sobre os problemas matrimoniais que atravessa, ele altera-se e com as mãos e os braços simula uma arma de fogo, apontando para a jornalista Russa.

Mas acreditem, pior ainda é possivel. É de todo possível que, ele, durante uma visita a
Abruzzo, região Italiana devastada por um forte sismo, conseguiu virar-se para uma "voluntária" e perguntar-lhe se a "podia apalpa-la um pouco?". Isto não é uma premenda afronta há memória de todos aqueles que sofreram e sofrem com este tremendo sismo?
Isto é minimamente Humano?


Perante isto, não consigo perceber, muito menos aceitar como é que um País permite que tal "criatura" continue a assumir cargos que só devem pertencer a pessoas que possuam a minima Humanidade dentro de si.

João Moura,

Only knowledge can save us.

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.